Publicado em

AGO aprova contas e o relatório de gestão da Unimed Araguaína

AGO Unimed Araguaína

Diretores e Cooperados
Diretores e Cooperados

A Assembleia Geral Ordinária também elegeu o novo conselho fiscal da cooperativa e avaliou o planejamento para 2017

Realizada no dia 14 de março, com a participação de diretores e cooperados, a Assembleia Geral Ordinária (AGO) da Unimed Araguaína avaliou e aprovou o relatório da diretoria, apresentado pelo presidente Luiz Carlos de Oliveira e pelos demais diretores. Além do relatório de gestão, que destacou as atividades realizadas pela cooperativa em 2016, os diretores também apresentaram o planejamento para 2017.

Outro assunto da pauta da AGO foi a efetivação de demissão, exclusão e eliminação de cooperados. Durante a assembleia também foram escolhidos os novos membros do conselho fiscal da cooperativa para o período de 31 de março de 2017 a 31 de março de 2018.

Conselho Fiscal 2017/2018

Efetivos
Francisco Valtércio Pereira
Hueverson Junqueira Neves
Sandro de Oliveira Sacre

Suplentes
Benito Rolando Gutierrez Martinez
Nilson Guedes de Oliveira
Sérgio Nogueira de Aguiar

Prestação de contas de 2016 evidencia o crescimento da cooperativa

A prestação de contas do exercício 2016, durante a AGO, evidenciou a evolução e o crescimento da Unimed Araguaína ao longo do ano passado. A prestação de contas foi feita pelo contador Wesley Brito, que apresentou os números e respondeu perguntas dos participantes da AGO. Também participaram da apresentação e da aprovação das contas, o auditor independente Aguiar Ferres e o médico Francisco Valtércio Pereira, membro efetivo do Conselho Fiscal da cooperativa.

Dentre alguns pontos relevantes de 2016, que foram apresentados, está a liquidez geral da Unimed Araguaína, em torno de 1,15 – de acordo com a Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS), a liquidez ideal é de 1,20. A sinistralidade com planos de saúde teve uma redução de 1,29 pontos percentuais, ficando em 80,47% - no Sistema Unimed, a taxa de sinistralidade de até 82% é considerada dentro do padrão. As despesas administrativas da Unimed Araguaína em 2016 foram de 15,99% sobre as receitas de planos de saúde - em 2015, a taxa foi de 15,79%.

Comentários