Publicado em

Comitiva da Unimed Araguaína visita Hospital da Unimed Rio Verde

Visitas encerradas com chave de ouro

Valtércio (esq.), Marcelo, Renato, Luiz Carlos, Valdirene e Sebastião
Valtércio (esq.), Marcelo, Renato, Luiz Carlos, Valdirene e Sebastião

Um verdadeiro exemplo de intercooperação e de ajuda mútua, que são fundamentais para o fortalecimento do cooperativismo. Assim pode ser definido o resultado da visita técnica da comitiva de dirigentes, técnicos e gestores da Unimed Araguaína à Unimed Rio Verde. Prestes a iniciar as obras de seu primeiro hospital próprio, a Unimed Araguaína foi conhecer a estrutura da cooperativa coirmã e o hospital inaugurado há cerca de três anos e meio pela Unimed Rio Verde.

A visita foi realizada nos dias 1º e 2 de julho com o apoio do Serviço Nacional de Aprendizagem do Cooperativismo do Tocantins (Sescoop/TO) e, segundo o presidente da Unimed Araguaína, Luiz Carlos de Oliveira, cada minuto do tempo passado em Rio Verde foi muito bem aproveitado com o compartilhamento de informações e experiências, orientações e a apresentação de resultados já alcançados no hospital rioverdense. “Eles nos mostraram com explicações e exemplos práticos o que fazer, como fazer e o que não fazer no processo de implantação de um hospital próprio”, resumiu o presidente. Essa foi a primeira vez que a Unimed Rio Verde recebeu uma comitiva para uma visita técnica ao hospital.

Além de Luiz Carlos de Oliveira, participaram da comitiva da Unimed Araguaína, o vice-presidente Sebastião Geraldo de Melo, o diretor de Mercado Renato Borges Azevedo, os médicos cooperados Francisco Valtércio Pereira e Marcelo de Oliveira Melo e a gerente administrativa Valdirene Santos. A equipe foi recebida pelo presidente da Unimed Rio Verde, Márcio Emrich Campos, a diretora de Recursos e Serviços Assistenciais Fabrícia Dias Colombano Linares, o diretor de Mercado Alberto Isaac Horbilon e o diretor de Serviços Médicos José Antônio da Silveira Leão.

Nos dois dias da visita, que contou também com a presença do ex-presidente da cooperativa e diretor superintendente da Federação das Unimeds dos Estados de Goiás e Tocantins e do Distrito Federal Martúlio Nunes Gomes, gerentes e colaboradores de diversas áreas da cooperativa e do hospital também participaram das reuniões, esclarecendo dúvidas e compartilhando informações. Dentre os gestores estavam Lígia Maria Pereira Leão Campos, gerente de Desenvolvimento e Sustentabilidade; Maicon Farina, gerente Financeiro; Fernando Resende, gerente de TI; Emmanuelly do Nascimento Tavares, gerente de Mercado; Maria Elena P. Ribeiro, gerente de Serviços, e demais colaboradores do hospital.

O primeiro dia da visita técnica começou com uma reunião na sede da Unimed Rio Verde com a participação da diretoria executiva e de gerentes da operadora. Foram exibidos um vídeo institucional da cooperativa e um vídeo da maquete do hospital e os gerentes e diretores abordaram, cada um em sua área, detalhes da obra, processos implantados, contratação e capacitação de colaboradores, tecnologias médicas adotadas, estrutura, regimento, rotinas, início da operação, hotelaria e material cirúrgico, escolha do sistema de gestão e outras informações relevantes sobre o hospital.

Em seguida, a comitiva da Unimed Araguaína foi conhecer o Hospital da Unimed Rio Verde, onde também se reuniu com a diretoria, supervisores e gerentes da unidade, que deram sequência às explicações sobre o funcionamento do hospital, incluindo o planejamento estratégico, organograma, serviços terceirizados, linha do tempo da unidade e seus serviços, implantação das comissões obrigatórias, Serviço de Diagnóstico por Imagem (SDI), Serviço de Controle de Infecções Hospitalares (SCIH), indicadores econômicos e serviço de oncologia.

No dia 2 de julho, segundo e último dia da visita, a pauta das reuniões abordou as entregas dos setores de farmácia e Central de Material e Esterilização (CME), laboratório, planejamento estratégico, evolução dos serviços laboratoriais, indicadores econômicos e conquista da certificação ISO 9001:2015 recebida neste ano. A visita técnica foi encerrada com a ida da comitiva ao Laboratório de Barrinha.

A receptividade e a troca de experiências com a Unimed Rio Verde foram tão intensas e enriquecedoras que a diretoria da Unimed Araguaína, que já visitou outros hospitais do Sistema Unimed, deu por encerrado esse ciclo de visitas técnicas. “Fechamos com chave de ouro, pois em Rio Verde tivemos uma verdadeira aula, muito bem organizada, completa, detalhada e em sequência sobre o que ainda precisávamos saber para dar continuidade ao projeto do Hospital da Unimed Araguaína”, declarou Luiz Carlos de Oliveira, ressaltando que essa parceria deve continuar com futuras visitas dos técnicos da Unimed Rio Verde a Araguaína.

A Unimed Araguaína tem algumas peculiaridades em relação à Unimed Rio Verde, mas a experiência da cooperativa coirmã, de acordo com o presidente, vai ajudar muito no processo de construção do hospital, que está orçado em R$ 37 milhões, dos quais R$ 24 milhões já estão garantidos. A construção está prevista para começar em abril de 2020.

Comentários